Bentinho Gomes diz O Prefeito está tendo um ataque hístérico e quer desviar o foco dos fanfarrões

Bentinho Gomes diz O Prefeito está tendo um ataque hístérico e quer desviar o foco dos fanfarrões

Nota oficial da Coordenação de Comunicação de Betinho Gomes

Lula Cabral quer tirar o foco da farra de Salvador

O prefeito está tendo um ataque hístérico e quer desviar o foco do farrão, mas a população quer saber de onde saiu esses recursos, porque ele deveria estar cuidando da Cidade.

Lula Cabral é um frustrado e invejoso, e ainda não se conformou com a sua derrota política”, atacou Gomes, se referindo à vitória de Elias Gomes e o seu desempenho eleitoral no município do Cabo de Santo Agostinho.

Para Betinho Gomes, Lula Cabral deve explicar ao povo do Cabo de Santo Agostinho o crescimento do seu patrimônio.

Lula fala tanto em transparência, mas deveria explicar ao povo do Cabo como ele ficou mais rico em quatro anos. Em 2004, ele declarou um patrimônio que não chegava há dois milhões de reais e agora aparece com um patrimônio de sete milhões.

O ex-deputado pede que Lula Cabral abra o seu sigilo bancário e fiscal para que a justiça investigue a evolução de sua riqueza.

Não houve qualquer irregularidade na transferência realizada em 2004, na gestão de Elias Gomes, entre duas contas da própria Prefeitura.

O que o prefeito quer é requentar o que já foi explicado, mas uma das contas públicas era destinada ao Fundo de Previdência e a outra conta, também pública, era destinada a despesas inclusive com pagamentos de servidores. Na verdade, não havia sequer o Instituto de Previdência Municipal e a conta em que os valores eram depositados pertencia à própria Prefeitura.

Em julho de 2008, no meio do processo eleitoral, a atual administração do Município do Cabo de Santo Agostinho ajuizou a ação n° 210.2008.003892-8, querendo fazer crer que teria ocorrido saque ilegal na conta da Previdência, o que em momento algum aconteceu

Gomes disse ainda que confessar uma suposta dívida sem contestá-la foi conveniente ao atual Prefeito do Cabo, para criar um fato político, extremamente utilizado durante a campanha e mesmo agora, em função do sucesso de Elias Gomes em Jaboatão e dos escândalos divulgados na mídia contra sua pessoa.

No entanto, o próprio Lula Cabral, embora falseando a realidade, admite que o valor da transferência entre as contas públicas foi utilizado integralmente no pagamento de despesas públicas, como consta no próprio processo.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: