Prefeitura desmente maternidade de mosquitos denunciada por vereador local

Prefeitura desmente maternidade de mosquitos denunciada por vereador local

Em relação à nota publicada em seu Blog, ontem (04.02), gostaríamos de esclarecer alguns pontos, em respeito aos cabenses, aos seus leitores e à verdade dos fatos.

Em primeiro lugar, estranhamos a foto que ilustrava a nota, não sabemos quando foi tirada. Segue uma foto atual, tirada na manhã desta quinta-feira, logo cedo, e que contrasta, de forma muito clara, com a que lhe foi enviada pelo “denunciante” e publicada pelo Blog.

piscina

Em razão das fortes chuvas que caíram em quase todo o Estado, é possível que, em algum momento, a piscina tenha apresentado problemas de sujeira. Mas, a manutenção tem sido feita sistematicamente, como atesta a imagem que lhe enviamos.

A bem da verdade, esclarecemos que a piscina do Caic ainda não foi inaugurada, estando, no momento, na fase final de instalação dos últimos equipamentos, como escadas e plataforma (trampolim). Toda a implantação do Caic tem sido objeto de atenção especial e cuidado por parte do prefeito Lula Cabral.

Aliás, o centro educacional foi construído em resposta às reivindicações e anseios da população. Daí também estranharmos a afirmação de que não houve debate popular para implantá-lo.

Da mesma forma como estranhamos as queixas em relação à Guarda Municipal, que vem cumprindo o seu papel de fiscalizar e resguardar o patrimônio do município. Nesse setor, a Prefeitura tem investido forte, contratando novos profissionais e fornecendo cursos de capacitação, tendo sido o último há menos de 15 dias, oferecido a 78 novos profissionais contratados. No momento, o munícípio conta com 415 guardas municipais.

É bom lembrar que, em matéria de Saúde, o Cabo de Santo Agostinho é hoje tido como referência. Em Pernambuco, o Cabo ficou na segunda colocação, no ano passado, no Índice Firjan de Desenvolvimento Municipal (IFDM), que mede as áreas de saúde, educação e emprego e renda, conforme divulgou a imprensa local.

Sobre a dengue, o Cabo dispõe de uma política séria e determinada de combate ao mosquito transmissor. Em 2008, o município registrou 979 notificações e confirmou 616 casos de dengue, contra 2.165 notificações e 1.915 casos confirmados no ano anterior. Esses números fizeram com que o Cabo de Santo Agostinho caísse de 2° para 7° lugar em casos de dengue em Pernambuco. Apesar de fazer fronteira com municípios que apresentaram epidemia, o Cabo não compõe esse grupo.

As equipes da Prefeitura, por determinação do prefeito Lula Cabral, cobrem 33 localidades, com visitas bimestrais. Já para os pontos tidos como estratégicos (205 cadastrados), que são as indústrias, lojas de ferro-velho e borracharias, existe uma equipe exclusiva, que faz 24 ciclos ao ano, ou seja, uma visita a cada 15 dias. O controle, portanto, é rigoroso e abrange todo o municípío.

Por fim, vale salientar que nesses dois setores – Saúde e Educação – tem se concentrado grande parte dos esforços do prefeito Lula Cabral.

O resultado foi a própria recondução do prefeito nas últimas eleições, com mais de 60% da preferência do eleitorado cabense. Resultado, por sinal, reafirmado pelas pesquisas de opinião pública que dão a Lula Cabral uma aprovação que varia entre 73% e 80%, segundo as pesquisas publicadas pela mídia e as pesquisas internas.

Por fim, nos colocamos a sua inteira disposição para quaisquer esclarecimentos ou para checar qualquer tipo de informação.

Prefeitura do Cabo de Santo Agostinho
Secretaria de Comunicação Social

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: