Reflorestamento do entorno de Pirapama vai atingir mais 30 hectares

Reflorestamento do entorno de Pirapama vai atingir mais 30 hectares

A Compesa vai iniciar, no próximo mês, mais uma etapa do reflorestamento das margens do Rio Pirapama, aproveitando o início do período chuvoso. A meta é realizar o plantio de mudas arbóreas em 30 hectares de terra, chegando a um total de 150 hectares. Este é o quinto ano de realização desta iniciativa, que integra o Plano de Ação para o Entorno da Barragem do Rio Pirapama. O objetivo é contribuir com a conservação e gestão dos recursos hídricos, assegurando a proteção florestal e o adequado uso e ocupação do solo.

Portal Cabo gurjau

Em atendimento à legislação ambiental vigente (Lei Federal nº 4.771/65 – Código Florestal) e ao licenciamento ambiental do empreendimento, a Compesa responsabilizou-se pelo reflorestamento da área do entorno do lago formado, perfazendo um total aproximado de 600 hectares. De acordo com a gerente de Planejamento e Meio Ambiente da Compesa, Patrícia Torquato, aliado às causas ambientais, a empresa preocupa-se com a qualidade da água da barragem Pirapama, pois a mesma é utilizada para abastecimento público.

“O reflorestamento da mata ciliar às margens do lago, é fundamental para a qualidade da água, pois a vegetação existente segura a terra, dificultando o processo de erosão das margens, impedindo o acúmulo de terra no leito do rio, formando uma barreira natural, não permitindo o acesso de produtos não desejáveis a água, como lixo”, explica.

A Compesa incentivou a formação de uma associação, composta por moradores da região, chamada de Eco-Pirapama, que é responsável pelo trabalho de reflorestamento. Os associados desempenham atividades compatíveis ao reflorestamento. Os recursos são repassados pela Compesa. Nos meses não-chuvosos, é feito um trabalho de coleta de sementes de árvores matrizes em remanescentes de mata ciliar localizadas na região. “Este fato facilita a adaptação das futuras árvores, pois já estão acostumadas às condições ecológicas locais e transmitem geneticamente esta adaptação às sementes”, afirma Patrícia Torquato. São produzidas espécies como Angico Branco, Pau de Jangada, Sucupira, Cajá, entre outras.

Pirapama –  O Sistema Produtor do Pirapama, parte integrante do Sistema Produtor Sul, que objetiva suprir com a vazão de 5,13m3/s a Região Metropolitana do Recife (RMR), reduzindo o déficit de abastecimento. A barragem do rio Pirapama foi concluída em 2001, e a conclusão do sistema está prevista para dezembro de 2010, com a finalidade de fortalecer o abastecimento de água da Região Metropolitana do Recife.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: