Pacto pela Vida chega ao Cabo de Santo Agostinho

Pacto pela Vida

Estado vai desenvolver novas ações para combater a violência no município
pacto_pela_vida

A partir da próxima semana o município do Cabo de Santo de Santo Agostinho vai receber ações do Foco de Ação Prioritária, que faz parte do programa Pacto pela Vida, desenvolvido pelo Governo de Pernambuco, e que tem como objetivo potencializar ações para reduzir a criminalidade. A decisão de incluir o Cabo no programa foi tomada recentemente pelo secretário estadual de Articulação Social, Waldemar Borges, durante reunião com o coordenador do Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci) no município, Luiz Leite.

A reunião teve como pauta inicial a inclusão do Cabo nas ações do Governo Presente, também do programa estadual Pacto pela Vida. Ela foi solicitada pelo prefeito Lula Cabral, com o objetivo de implementar ações sociais integradas com as secretarias estaduais e do governo municipal. A ideia é beneficiar áreas infra-urbanas de descoesão social do Cabo, como o Alto do Colégio, Alto do Cruzeiro, Alto dos Índios, Bela Vista, Caçari, Charnequinha, Chiado do Rato, Gaibu, Madre Iva, Nova Era, Ponte dos Carvalhos, Pontezinha, São Francisco, Sapucaia, Torrinha e Vila Feliz.

Segundo Luiz Leite, Waldemar não só julgou ser legítimo o pleito das demandas do Cabo, como disse ainda que vai incluir o município no Foco de Ação Prioritária, cujas ações atuam em áreas de alta conflagração. O trabalho será realizado através de ação intensa e permanente da polícia, com repressão qualificada de inteligência feita pelo serviço reservado da Polícia Militar; com apreensão permanente de motos (um dos maiores instrumentos da criminalidade) e o fechamento de bares irregulares.

O Cabo de Santo Agostinho é 78° município a receber ações do Foco de Ação Prioritária. Já o pedido de implantação do Governo Presente, reivindicado por Lula Cabral, ainda está sendo estudado pelo governo estadual. “Apesar de nossa gestão ter ido muito além de sua missão constitucional, como se pode ver pelo elenco de ações e políticas públicas implementadas ao longo dos últimos quatro anos, ainda há a necessidade de uma intensificação nessas áreas”, afirma Lula Cabral.

Com ações de combate à violência pelos governos Federal, Estadual e Municipal, através do PAC, Pronasci, Pacto Pela Vida e inclusão do Cabo no Foco de Ação Prioritária, “a ideia é reduzir a violência, atuando de forma potencializada e transformando o município em Território de Paz”, conclui Leite.

Texto: Aline Vieira – Estagiária da Secom / Cabo

Comments
One Response to “Pacto pela Vida chega ao Cabo de Santo Agostinho”
  1. Um desafio e tanto.
    Apenas unindo, julgando as melhores e colocando em pratica ideias diversas se pode marcar pontos positivos.
    Não sou educador mais de tanto observar o comportamento dos estudantes em vários niveis notei que uma coisa importante deixou de existir e que da forma como a orientação dentro das escolas estão sendo colocadas ira piorar cada vez mais.
    Os alunos perderam não apenas a vontade e o interesse pelo estudo mais perderam o respeito pelos mestres, mesmo que muitos deles sejam mercenários (faltam mais que os alunos) não ensinam expoem materias.
    Os alunos não desejam e não defendem suas escolas, portanto não as preserva.
    Porque?
    A competitividade entre as escolas acabou, a escola publica aplica apenas o basico necessário para colocar um aluno um ano à frente.
    Na gestão passada enviei a secretaria de educação um projeto que daria o ponta pe inicial, sequer foi lido, tambem um projeto ligado a área educacional terminou na secretaria de cordenação politica.
    As ideias são simplesmente descartadas ou colocadas de lado para algum tempo depois aparecer capanga como se fosse concebida por um secretario imbecil que visa apenas propaganda politica.
    Promover competitividade ( isso já é uma dica que algum genio vai dizer que foi ideias dele) dentro de cada escola entre elas unirá primeiro os alunos em grupos que defenderão sua escola no ambiente interno e depois entre escolas isso fará com que cada grupo de alunos querioram mostrar que sua escola é melhor, mais bonita, que ensina melhor e tem os melhores professores.
    Mudando a metalidade dos que hoje vão as escolas apenas depedrar e promover algazarra começaremos a mudar as pais, as ruas op lugar.
    Procurem uma coisa escrita chamada o vestido azul, se seguirem pelo menos 1/3 do que la esta escrito mudarão o mundo.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: