Nossas manhãs de domingos voltaram a brilhar

DA LHE RUBINHO

Nossas manhãs de domingos voltaram a brilhar

Rubens Barrichello conquista a 100ª vitória brasileira na F-1

Por:Paulo Garcia

Rubens Barrichello venceu o Grande Prêmio da Europa neste domingo, em Valência, e conquistou a centésima vitória brasileira na Formula 1. Contando com um bom rendimento de sua Brawn e uma falha da McLaren no segundo Pit Stop de Hamilton, o único brasileiro na pista fez uma corrida perfeita e ganhou pela décima vez na carreira. Hamilton foi o segundo e Kimi Raikkonen completou o pódio.

Rubinho

Com a vitória, Rubens voltou a ser o segundo colocado no mundial de pilotos, com 54 pontos, graças ao abandono de Sebastian Vettel. Jenson Button segue líder do mundial, agora com 72 pontos.

A Corrida

O três primeiros colocados no grid mantiveram as suas posições e Hamilton passou a abrir vantagem para Kovalainen e Barrichello. Quem se deu bem na largada foi Kimi Raikkonen, que pulou para a quarta posição e passou a pressionar Barrichello, que largou mais pesado. O líder do campeonato, Jenson Button, não fez uma boa largada e caiu da quinta para a oitava posição.

Roman Grosjean, substituto de Nelsinho Piquet na Renault e um dos estreantes do dia, e Timo Glock, da Toyota, tocaram-se e tiveram que parar para trocar os bicos dos carros.

Mesmo mais pesado que as McLaren, Barrichello conseguiu manter um bom ritmo e não deixou Kovalainen abrir dianteira, além de controlar o ataque de Raikkonen. Na frente, Hamilton fazia a melhor volta da corrida.

Os estreantes do dia não faziam uma boa corrida. Tanto Grosjean quanto Luca Badoer perderam o controle de seus carros e rodaram na pista.

Na primeira rodada de paradas, Barrichello voltou à frente de Kovalainen e mais próximo de Hamilton, aproveitando as voltas a mais na pista para fazer ótimos tempos e ganhar a posição nas paradas.

Na vigésima quarta volta, um dos postulantes ao título desse ano abandonou a prova. A Red Bull de Sebastian Vettel quebrou, soltando bastante fumaça, mas aparentemente sem espalhar óleo na pista.

Era mesmo uma tarde complicada para o substituto de Felipe Massa. Luca Badoer teve que pagar uma punição passando pelos boxes, por ter cruzado a linha de saída dos boxes em seu pit stop.

Em seguida, Nakajima perdeu o pneu traseiro esquerdo, mas ainda conseguiu levar o carro para os boxes para trocar e voltar à corrida.

Barrichello vinha fazendo voltas rápidas para tirar a diferença para Hamilton quanto o inglês foi para sua segunda parada. A McLaren, então, errou nos trabalhos e a parada foi muito longa, abrindo espaço para uma passagem do brasileiro.

Em sua parada a Brawn GP não bobeou e devolveu o brasileiro na primeira colocação, com pneus macios, contra os duros de Hamiton.

A partir daí, foi controlar a vantagem para Hamilton e cruzar em primeiro pela primeira vez nessa temporada, também sua primeira vez dirigindo uma Brawn.

Com o abandono de Vettel, o grande beneficiado foi Jenson Button, que chegando à frente de Webber, manteve-se em ótima situação no campeonato, ainda líder e com boa vantagem para seus perseguidores.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: