Quando podemos falar de política

Quando podemos falar de política

Moura do Portal Cabo

Por: Moura

Sei que muitos não gostam nem de falar no assunto e acha este tema muito complicado principalmente aqui no Cabo

Explico-me.

Abordado em uma festa, um político de renome aqui do cabo me fez varias indagações a respeito do Portal Cabo eu de bom agrado respondi todas suas indagações com maestria de quem defende um filho amado (Portal Cabo)

Mas uma pergunta bem pertinente me pegou de surpresa e me deixou atônito, pois a mesma se dirigia a minha Pessoa em particular (Moura)

“Qual é o lado Político que você vai optar”

Diante de tal indagação não avia parado para pensar nesta questão, sempre primei os conteúdo do Portal Cabo de forma limpa e clara sem deixar se levar por seguimento A B ou C, mas agora aquele questionamento me fervilhava meus neurônios.

O meu interlocutor ficou a espera de uma resposta e vendo minha indecisão falou dos seus projetos do seu partido e assim foi, enchendo minha cabeça que só sabia escutar e observar suas palavras, mas aquela pergunta me fervilhava a cabeça, querendo buscar uma solução para tal dilema como fosse uma bomba preste a estourar.

Qual o Lado Escolher

OS CABRAIS ou OS ELIAS

È uma questão difícil, pois não á uma terceira via onde podemos ter um novo parâmetro, os partidos aqui do Cabo reflete as escolhas de suas bases federais e estaduais ou estão no governo ou são da oposição, eita dilema não é mesmo

Mas o tal Político tinha acabado de relatar seus cabedais de metas e projetos políticos, quando me falou em tom meio irônico

“E ai vai ficar calado ou vai ficar em cima do muro”

Não, respondi. Estou apenas analisando O Povo do Cabo está sem alternativa, ele jocosamente Riu da minha Cara e disse

“Povo? Que Povo, o povo só quer o nosso dinheiro na ora do pleito e mais nada os intelectuais que nem você é que cobra de nos”

Diante afoiteza de sua parte me contive para não agredi-lo com palavras, mas mantendo o bom senso de quem quer construir um novo horizonte para o Cabo de Santo Agostinho defendi a construção de um novo dialogo com a sociedade onde a busca pela conscientização política seria a melhor forma para todos, principalmente protegendo os menos favorecidos politicamente de pessoas que nem a vossa Pessoa

O político riu mais uma vês da minha cara e disse “É por que você não recebeu uma boa Proposta (Fez aquele gesto dos dedos esfregou o dedo polegar e o indicador como quem conta didin) O Político bateu em minha costa pedindo licença, pois outras pessoas lhe pediam atenção

Eu atônito via que o político sai da minha presença e pegava no bolso um lenço para enxugar o suor que lhe caia a testa onde sua cara de Pau precisava estar limpa para poder ser admirado e babado por todos que lhe cercava.

Ass. Moura

Comments
3 Responses to “Quando podemos falar de política”
  1. Heraldo Ferraz Cavalcanti disse:

    É Moura, é bem complicada tua situação, perante a pergunta.Também já fizeram esta pergunta e fui mais afirmativo do que você. Respondi e com certeza não gostaram e escantiaram-me. Porém, acho que deve existir a terceira (3) força no Cabo. Mais bem preparadas contra o que assistimos hoje, nesse nosso país dos descamisados. Aonde amolecagem, a safadeza e banditismo, já opera em uma escala bem alta. É preciso dar um basta nestas nojeiras, trazendo pessoas comprovadamente honesta e de bons costume, para que formem um partido, voltados fielmente para o Social e as coisas de Deus.

    Abraço,

  2. CHICO DA CHARNECA. disse:

    Estamos precisando de homens com este perfil, infelizmente
    Não só aqui no cabo, como no país inteiro existem pessoas
    Vendáveis, esta pratica aqui é muito antiga, é bom o amigo
    Ir se acostumando novas propostas virão,

  3. Brother disse:

    Moura, infelizmente este é o retrato da política em nosso município, politicos vagabundos e sem compromisso com o POVO, mais pode ter certeza que estamos lutando e vamos em breve exterminar da política local estes sangue sugas que se alojaram na Casa Vicente Mendes, pois eles usam seus mandatos para ludibriar as pessoas hipossuficiente e com isso criam um vínculo maldito com o voto, mais sua matéria não foi uma surpresa para os Moradores da Charneca, aqui convivemos com isto desde sempre, mais tenho certeza que está chegando a hora do povo realmente tomar conta da nossa cidade, estou muito confiante/ansioso que 2010 será o ano da reviravolta política em nosso bairro/município.

    Tenho 31 anos e não lembro de ter vivido um momento tão difícil na política em meu bairro/município, mais como como diria o Presidente LULA, sou Brasileiro e não desisto nunca!! chegou a hora do Cabo entrar na era das grades mudanças na POLÍTICA!!

    Pessoal teremos em 2010 uma ENORME oportunidade de iniciarmos as grandes mudança e quem sabe apartir de 2012 o Cabo de Santo Agostinho não volta a ser um município onde todos serão tratados com IGUALDADE independente de Partido Político, NECESSIDADES, COR, RAÇA, CRENÇA E OPÇÃO SEXUAL!

    Brother.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: