Brutalidade contra os sem Teto no Cabo de Santo Agostinho

Brutalidade contra os sem Teto no Cabo de Santo Agostinho

Moura do Portal Cabo

Preparem se meus amigos isto é uma afronta a todos os direitos humanos que existem

50 Famílias ficaram a mercê da truculência e barbaridade feita por funcionários da Prefeitura onde a mesma tentava cumprir ordem do IBAMA sem mandato Judicial que foi cobrado por moradores e ninguém deu a mínima para os questionamentos feito por integrantes do movimento onde foi apresentado que eles tinha garantias dadas por um Juiz aqui da comarca  do Cabo onde na próxima segunda-feira estariam com o mesmo para resolver este impasse mas os argumentos foram por terras

A invasão Vila Maria tem cerca de 3 mil metros Quadrados Ela é um desdobramento do loteamento Boto que foi contruida sem licença do Ibama

“Não respeitaram nem mulheres e crianças foram chegando e destruindo tudo diante de nossos olhos” comenta uma menina de apenas 9 anos com lagrimas nos olhos

A onde vou morar agora dizia a nossa reportagem vários moradores

Bem para quem esteve hoje no local mais parecia que avia tido uma guerra no local onde pessoas com os ânimos a flor da pele diziam ter ganhado isto de Presente do Prefeito Lula Cabral

Brutalidade contra os sem Teto no Cabo de Santo Agostinho14

Estes fatos são lamentáveis, pois ouve um impasse entre a Prefeitura e o IBAMA onde o combinado para a ação de retirada segundo o agente de fiscalização e coordenador de ação Amaro Lins, era que o órgão federal aplicaria a legislação, obrigando os moradores a sair da área de preservação ambiental em quanto a prefeitura ficaria encarregada de remover os moveis e objetos pessoais a depósitos ou para casa de parente alem disso a Prefeitura Municipal ofereceria abrigos as famílias, afetada afirmou o mesmo

Brutalidade contra os sem Teto no Cabo de Santo Agostinho30Brutalidade contra os sem Teto no Cabo de Santo Agostinho21

“Este foi o Presente que ganhei de Natal do Prefeito Lula Cabral”

Já o secretario de Defesa Social Luiz Lima rebateu informando que isso seria obrigação do IBAMA

Em quanto essa discutição se fazia um trator foi saindo e destruindo tudo sem dar o direito das pessoas retira os seus pertence

Uma das mulheres do vídeo abaixo foi retirada a força pela policia militar que o ato em si

Deveriam esta lá presente um Oficial de Justiça para dar garantia do ato em si

Representante da policia militar Feminina do Estado dando proteção a crianças e idosos

Representantes do Conselho Tutelar para dar as devidas garantia as crianças ali presente

Representante da Secretaria de municipal de Programas social e da Mulher para fazer a inclusão e o relocamento das mesmas

Isto é Uma vergonha para o Nosso Povo até Quando iremos aceitar este tipo de atitude

Em Entrevista ao Portal Cabo o Lider do movimento Adeílton Luiz da Silva faz graves denuncias de como tudo ocorreu

Fica aqui abaixo as fotos desta barbari onde o povo sem teto não tem a quem a recorrer mais pois nem a Constituição ele estão respeitando mais

Ass. Moura

Comments
7 Responses to “Brutalidade contra os sem Teto no Cabo de Santo Agostinho”
  1. Biro de Pirapama disse:

    Se o IBAMA, ou a Prefeitura, quando não faz vista grossa, pode esperar que os poderosos, de forma grave e sem necessidade, cessem de realizar construções ilegais dentro do próprio quintal, por que não aguardar, aí com razão, ante o estado de necessidade, que os realmente sem alternativa de moradia só desocupem as suas parcas moradias quando lhes forem concedidas outras mais habitáveis a quem têm direito?
    Acreditar na sensibilidade humana é preciso! Ou ao menos, fazer valer um pouco do que apregoa a nossa Lei Maior em suas primeiras palavras, que a lei é para todos, que todos são iguais perante ela e que constitui, entre outros, objetivo fundamental de nossa República tratar as pessoas com dignidade humana, e esta, no mínimo, prescinde de moradia, sobretudo quando não se falta meios financeiros para sua concretização, como é o caso do Cabo de Santo Agostinho.

  2. Ernesto de Garapu disse:

    Isto é que o atual prefeito do cabo vem fazendo com o povo do cabo

    A história nos ilustra que toda mudança política, econômica e social, o padrão é a desigualdade, quase sempre, produzidas por necessidades e interesses políticos internos e externos, isto produz tremendas dificuldades para medir os processos.

    E para os leigos

    § 1o Não é crime a conduta praticada quando necessária à subsistência imediata pessoal do agente ou de sua família. (Incluído pela Lei nº 11.284, de 2006)link https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2004-2006/2006/Lei/L11284.htm#art82

  3. Durval do PT Recife disse:

    Tem sido muito fácil para quem quiser, observar na imensa riqueza de detalhes que trazem os noticiários, qual o destino que o mundo está tomando. Quem presta um pouco de atenção, percebe que há muito mais furos de reportagens nas entrelinhas,Nenhum ponto do planeta está a salvo da agressão que se anuncia e já nenhum povo agredido vive solitário sua desdita. O pacifismo, já se torna fácil entender, não é instrumento de mobilização capaz de se opor às agressões. A rebelião contra o império se justifica.
    Os povos, além de protestar e escorraçar o imperialismo, precisam promover a verdadeira e mais conseqüente democracia. E a essa lógica não renunciarão jamais.

    Esta premissa se materializa quando vemos dezenas de processos de remoção de famílias de áreas de preservação ambiental, sob o argumento (justo) de preservá-las mas sem preocupar-se em oferecer alternativas dignas de moradia aos removidos. Porém, do outro lado da mesma moeda, as grandes fábricas, indústrias e condomínios de luxo seguem poluindo, desmatando e destruindo a natureza sem qualquer restrição ou fiscalização. Questão de quem vale mais…
    No Brasil se desenvolveu uma idéia de que o meio ambiente preservado não pode conviver com seres humanos (ou, mais especificamente, seres humanos pobres)o que faz coro com todo tipo de política de segregação e higienização social.

  4. A burguesia brasileira, através de seus noticiários, nos faz crer que a crise capitalista acabou, que tudo não passou de uma forte tempestade que ficou para trás, sendo necessário reconstruir o que restou. Os senhores burgueses avançam no saque dos recursos públicos, em parceria com o governo Lula, que está salvando somente empresas, bancos, indústrias, e até as universidades privadas, não direcionando recursos para garantir direitos fundamentais ao nosso povo, como educação, saúde, trabalho e moradia.

    Nas periferias dos grandes centros urbanos notamos como esses números são realidade. O desemprego assola nosso povo, a falta de acesso aos equipamentos urbanos esfacela as comunidades na luta diária pela sobrevivência, em meio ao crack, à violência e ao estado de exceção que as classes dominantes nos forçam viver, com suas milícias formadas por jagunços e policiais militares que ameaçam, agridem e querem expulsar, mesmo ilegalmente, o povo pobre em sua luta por moradia, nas milhares de ocupações de terra, urbana e rural, espalhadas pelo país. A Copa do Mundo vem aí, e as cidades-sede já preparam seus projetos de remoção do povo pobre, obras faraônicas e violência contra a juventude, numa onda de “limpeza social”

  5. So maguida disse:

    Bem pelo visto as lagrimas desta senhora devem ficar encruada no espirito do atual Prefeito Lula Cabral onde pedurara e perseguira até a eternidade onde prestara contas a Deus
    Fora disso
    É preciso resistir contra a crise. Em diversos estados de nosso país a Frente Nacional de Movimentos Urbanos realiza atividades, denunciando o sistema econômico, a política urbana do governo em conluio com empreiteiras, que não resulta em avanços no déficit habitacional brasileiro, reivindicando firmemente o socialismo como opção necessária aos povos do mundo.
    Não nos contentaremos com migalhas, é preciso uma política habitacional que vise superar o déficit habitacional de sete milhões de moradias, em que 90% é formado por população de baixa renda.
    O governo Lula, através do programa Minha Casa, Minha Vida, realiza uma movimentação perigosa: Mobiliza a esperança de milhões de pais e mães de família que sonham com uma moradia digna numa propaganda que não diz que, se por um lado farão 1 milhão de casas, há mais de 7 milhões de famílias que não tem onde morar; que dessas casas (que já são absolutamente insuficientes), menos da metade é para o povo que ganha menos que R$1.200,00 – o restante é pra quem ganha até R$4.500,00; como também não diz que R$15 bilhões são para empreiteiras enquanto apenas R$0,5 bilhão são para o povo pobre organizado coletivamente em lutas legítimas por seus direitos

  6. Caro amigo Moura
    Quero aqui parabenizar o bom trabalho que vem fazendo através do Portal Cabo
    Esta matéria é a dura realidade de fatos que eu abomino em qualquer Governo e tenho tentado combater este tipo de barbárie que ocorre por todo estado e estou solidaria com esta classe oprimida que tanto almeja uma moradia digna
    Portanto quero te pedir para que encaminhe estas pessoas ou suas lideranças para que junto possamos incluir estas famílias nos Programas Minha Casa e outros
    Desde já agradeço
    Deputada
    Terezinha Nunes
    Para maiores contato Escreva para gabineteterezinha@gmail.com ou ligue para o gabinete (Fone: 3183.2343)

  7. Robson Santana disse:

    São lindas as palavras acima, mais não resolvem nada!!!onde estão as políticas sérias? chegamos a um patamar que não é mais sustentável,o relato acima é só um pouco do que nossa gente tem passado, o nosso povo clama por moradia, saúde, educação, segurança, respeito e etc… e o que vemos são palavras bonitas e sem valor nenhum, pois não resolvem nada!!! agora até Deputados estão querendo ajudar, mais estas famílias tem mais do que um mero título eleitoral, elas tem anseios, querem dignidade,respeito e um teto, o resto todos tem, inclusive os títulos!!

    Não acredito em nossos políticos!! são todos iguais e só olham para nóis no período eleitoral, ladrões de consciências!! urubus eleitorais!! graças a vcs perdemos o rumo a alto-estima e a vergonha na cara!!!

    Robson Santana.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: