Moradores denunciam empresa que estaria poluindo rio em Jaboatão

Moradores denunciam empresa que estaria poluindo rio em Jaboatão

O flagrante de desrespeito ao meio ambiente e ao cidadão acontece em Barra de Jangada; CPRH vai fiscalizar o empreendimento
Da Redação do pe360graus.com

Um flagrante de desrespeito ao meio ambiente e ao cidadão. Moradores de Jaboatão dos Guararapes não conseguem almoçar direito nem ficar muito tempo na rua. Eles reclamam de um mau cheiro constante, que não vem de nenhum esgoto. Eles dizem que o mau cheiro é causado por uma fábrica de alimentos, que estaria poluindo um rio.

É na Estrada da Curcurana, no bairro de Barra de Jangada, que os moradores estão sofrendo com a poluição do rio. Quem mora por lá reclama que desde 2004, quando a empresa Bragança Alimentos se instalou na rua, a sujeira no rio tem sido uma constante.

“A gente quer apenas uma solução para esse problema, pois isso aqui está sem condições de viver. Até quem vem de fora sente o mau cheiro”, reclamou o técnico de laboratório Carlos André Vitalino.

No rio, a sujeira é facilmente constatada. Uma camada de dejetos está parada sobre a água, tinha até pele de galinha. O operador de ponte Gildo Cosmo mostrou por onde os resíduos chegam ao rio e reclama que a sujeira tem prejudicado toda a comunidade. “Fica um mau cheiro terrível, ninguém suporta. Tem que botar a mão no nariz para passar por aqui”, disse.

Os moradores já fizeram até um abaixo-assinado denunciando a situação que enfrentam. O montador de veículos José Henrique Vitalino chegou a sugerir o que a empresa deveria fazer.
“A empresa deveria fazer casa de esgoto e contratar um caminhão que recolhe dejetos para que ele jogue em um local adequado para tratamento”, falou.

A direção da Bragança Alimentos foi procurada, mas ninguém quis gravar entrevista. O diretor industrial, Ricardo Oliveira, disse que todos os resíduos industriais da produção de empadas e outros produtos são tratados antes de serem despejados no rio. Ele informou também que a empresa tem licença da Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH).

O documento foi renovado no mês passado. A CPRH mandou uma equipe no fim da manhã desta terça-feira (12) para fiscalizar e vistoriar a fábrica para ver se há irregularidades.



Comments
One Response to “Moradores denunciam empresa que estaria poluindo rio em Jaboatão”
  1. Quem vai fiscalizar?
    Quem concedeu e renovou a licença?
    CPRH?
    O que é isso?
    Alguma entidade ou órgão governamental responsável por ações contra o meio ambiente?
    Pois o CPRH que conheço é isso.
    Um grupo de homens que recebem bons salários, biólogos, engenheiros florestais etc, etc. que são pagos para isso mais para garantir seus bons empregos e serem bem vistos pelos políticos no poder, empresários e investidores esquecem aquela palavra básica em qualquer profissão, ÉTICA.
    Nos últimos meses muitas foram as intervenções do CPRH, muitas foram as liberações, as licenças concedidas, mesmo que para isso sejam transgredidas todas as leis ambientais. No ano de 2009 o CPRH concedeu mais de 500 licenças à revelia das leis.
    2010 será o ano de maior sucesso da cúpula do órgão, pois, várias licenças concedidas estão sendo questionadas pelo ministério público.
    Uma delas é a apresentação de um EIA/RIMA apresentada ao governador com aval de seus ilustres técnicos unidos ao do DER e construtoras para a construção da “Vicinal Pontezinha / Barra de Jangada, para dar acesso (do jeito que foi solicitado pelos empresários do projeto Paiva) como aprovado e sendo o único traçado viável (de menores custos e impactos, social e ambientais), se o governador realmente acreditou em seus técnicos e enviou a ALEPE para aprovação em regime de urgência a lei que autoriza a supressão do manguezal é hora de rever suas indicações para esta entidade, caso contrário é conivente, os deputados todos sabemos que se é pedido do governador se aprova sem olhar, o que apenas comprova o que todos sabem, são todos paus mandados, incapazes de olhar pelo menos vez ou outra com seus próprios olhos e pelo menos uma vez tornar realidade as mentiras que dizem todos os dias (Vamos defender a natureza e o meio ambiente).
    É esta a empresa que fiscaliza e concede licenças de funcionamento?
    Quanto custou?
    Quanto vai para o racha depois das aprovações?
    Quando se falar em qualquer coisa séria em Pernambuco, esqueçam; CPRH, DER, ALEPE, nestes locais toda ordem que vem de cima tem que ser acatada, menos se for para reduzir seus salários e mordomias.
    Ainda tem gente que diz ter assinado porque foi envolvido pelo rolo compressor da base aliada, mentira seria necessário apenas um pedido de vistas para que se tivesse tempo para demonstrar quantas outras opções seriam possíveis.
    Só resta ao povo a última coluna de sustentação da democracia e da defesa do povo o MP, e este esta trabalhando, mais seu poder é restrito, cabe rezar!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: