Deus ajuda quem labuta

Deus ajuda quem labuta

Por:Alberto Figueirêdo

O Portal Cabo dá um salto, ultrapassa a barreira das matérias promotoras das competições partidárias.

Lendo as matérias de Tereza Soares e Franklin Veloso, nota-se um salto na qualidade.

São matérias que mostram, dão indicações de onde estão os erros mais graves.

As brigas partidárias nunca levaram qualquer lugar ao progresso, enquanto o número de cidadãos como este dois não se multiplicarem esta cidade maravilhosa continuará padecendo.

Sou Olindense, nasci no Carmo e fui registrado no Recife mais vivo aqui há vinte e cinco anos, aqui terminei de criar meu filho, daqui tiro o sustendo da minha família, tornei-me forasteiro Cabense (como dizem alguns filhos natos que preferem uma boa soma no bolso que ajudar na construção de uma cidade para o futuro “que já bate á porta”), despreparada, vítima de uma guerra exibicionista e egoísta entre vertentes de poder que não conseguem esquecer seus desejos de promoção pessoal em benefício do município.

Vista do Cabo Foto Portal Cabo

Vista do Cabo Foto Portal Cabo

Se hoje, ir ao trabalho é um exercício de coragem e paciência, imaginem dentro de mais cinco anos, com um aumento de habitantes em número imprevisível, apenas aventado, (se é que um estudo sobre isto tenha sido pedido a alguma universidade) sem investimentos maciços em infra-estrutura nós os Cabenses (de coração), mudaremos das portas para dentro do inferno.

Falei sobre isto, mesmo sem ser conhecedor da matéria quando das disputas pelo ICMS de Ipojuca.

Se estas duas cidades não se unirem e juntas trabalharem suas estruturas, poderão morrer afogadas em dinheiro e jamais poderão oferecer uma melhor qualidade de vida aos seus filhos.

E todos nós teremos uma parcela de culpa, resta apenas perguntar: Que qualidade de vida terão nossos filhos ou netos?

Quando os cidadãos se manifestam defendendo uma cidade almejando seu progresso, sem se deixar levar por nomes ou partidos tem tudo para alcançar um padrão de vida invejável para seus habitantes.

Quiçá breve acabemos com os paradoxos apontados por Tereza.

A Moura e ao Portal, parabéns!

Alberto Figueirêdo

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: