CABO DE SANTO AGOSTINHO TERÁ SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO

CABO DE SANTO AGOSTINHO TERÁ SISTEMA DE

ESGOTAMENTO SANITÁRIO

A Compesa começa a implantar, a partir da próxima semana, o Sistema de Esgotamento Sanitário do Cabo de Santo Agostinho. A obra vai beneficiar inicialmente os moradores dos bairros de São Francisco e do Centro. O projeto total do sistema coletor será executado em três etapas. Já estão assegurados recursos no valor de R$ 10,6 milhões, oriundos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), repassados através da Caixa Econômica Federal, para a construção da Estação de Tratamento de Esgotos (ETE), do emissário e da estação elevatória e de parte da rede coletora da bacia de esgoto dos dois bairros. A conclusão destes serviços está prevista para abril de 2011 e vai atender uma população de 37.700 habitantes.
Outra parte das obras que constam no projeto executivo ainda serão licitadas e não tem um custo final estimado. O Sistema de Esgoto do Cabo será composto por 12 filtros (RAFAs), seis decantadores e 12 leitos de secagem. A Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) terá uma capacidade de tratar 136 litros por segundo (l/s) de esgoto. A rede coletora terá uma extensão de 15 mil metros, que será interligada a rede coletora da Vila Charnequinha, que foi construído pela Companhia Estadual de Habitação e Obras – Cehab. O gestor da obra, engenheiro Maurício Pimenta, comenta que a Compesa passa a tratar o esgoto daquela comunidade, “o acesso ao saneamento básico é fundamental para a melhoria da qualidade de vida do cidadão e para a preservação do meio ambiente”.

Segundo o Gerente de Obras da Compesa, Antônio Batista, a intenção do governo do Estado é sanear em 100% o município do Cabo, beneficiando 152.977 pessoas com serviço de esgoto. Atualmente, a Companhia opera no município apenas a rede de esgotamento sanitário da Vila Pirapama (antiga Vila da Cohab), localizada próxima a PE-60, através de uma ETE, com capacidade para tratar 53 litros por segundo (l/s) de esgoto e mais três Estações Elevatórias. Nesta área existem 3.700 ligações intradomiciliares. A companhia opera também pequenos sistemas de esgotamento sanitário isolados, como o da comunidade de Santo Inácio.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: