COMPESA NÂO RESPEITA O MUNICIPIO IMAGINA O CONSUMIDOR

COMPESA NÂO RESPEITA O MUNICIPIO

IMAGINA O CONSUMIDOR

Texto produzido por: Moura e Alberto Figueiredo

A mesma Agride o Meio Ambiente

A mesma Agride o próprio consumidor

A mesma não respeita nem mesmo o município do Cabo de Santo Agostinho

São três questões diferentes em que a Compesa esta sendo considerada aqui no estado de Pernambuco a primeira do ranking em reclamações vamos relatar alguns tópicos

Na questão Ambiental

Fizemos o seguinte formalizamos um denuncia via telefone que avia um vazamento em um cano em tal rua, bom a atendente anotou o endereço gerou um protocolo e pronto aguardamos três dias e nada da Compesa aparecer refizemos o segundo telefonema o outro atendente pediu mais informação dizendo que avia informação desencontrada com o endereço repassamos os dados e pronto mais dois dias de espera totalizando 5 dia, mas ai vem o maior absurdo de tudo os funcionários vendo a dificuldade para encontrar a dita tubulação deixarão o serviços para o outro dia alegando que só com uma retro escavadeira poderia cavar o dito buraco só ai já se perfazem 6 dias, no outro dia seguinte já beirando 11 horas da manha chegaram para executar o serviços retro escavadeira pronta e tome a regaçar o dito buraco boom estouraram um cano de 4 polegadas da rede, olha que não entendo muito bem de medida ai foi água para todo o canto e pasmem os funcionários não tinha nem uma tubulação ou uma luva para fazer tal serviços, e como já era fim de dia resolveram deixar toda uma comunidade sem água pois tiveram que fecha o registro geral daquela rede imagine isso pleno sábado vocês acham que eles voltaram no Domingo para concluir o Serviços? Só na segunda feira em plena 11 horas da manha

Agora vamos analisar da questão ambiental Já diziam nossas avós que sabendo usar não vai faltar. O velho ditado é cada dia mais atual, assim como a necessidade de utilizar com sabedoria o que temos. A água é um recurso limitado, e o seu desperdício tem conseqüências. Cada setor da economia, cada fatia da sociedade, tem sua parcela de responsabilidade nessa história. Imagina uma Empresa que nem a COMPESA, a mesma deveria dar o respeito na questão do desperdício, no trato com o manuseio e a qualidade dos tubos colocados, na capacitação de funcionários comprometido com a questão ambiental, fazendo que seja um fator crucial não só para um bom atendimento mas também  a do desperdício.

Veja só o que analisamos neste simples caso de vazamento no subsolo o dito furo no tal cano era oriundo de uma ligação mal feita pela própria empresa quando avistamos o cano furado fizemos uma simples coleta e cronometramos o tempo que o tal furo levou para encher uma simples Garrafa PET de dois litros veja só os cálculos:

Tempo de enchimento 00:01:31= um minuto e trinta e um segundos para dois litros de água

Já em uma hora da um total de: (+ -) 92 litros pó hora

Já em um dia da um total de  2.208 litros

Durante Sete dias se perfaz um total de 15.456 litros

Bom isso foi o cálculo para o pequeno furo imagina quanta água foi desperdiçada quando os mesmo estourarão o cano Mestre que levou quase uma hora para fecharem o registro mestre daquela rede?

Por ai vocês podem imaginar quanto desperdício de água esta empresa deixa isso acontecer cotidianamente isto mostra o quanto esta empresa esta contribuindo para a questão ambiental.

AGREÇÂO CONTRA O CONSUMIDOR

Ai  são vários desde a falta de água nas torneiras a falta de um serviço adequado para quem cobra pelo mesmo, fica ainda pior quando vemos uma empresa que faz parte da conivência e do benefício do aporte do Governo do Estado, para que suas proposta que ainda não se sabem para quem ela trabalha se é para atender pleitos políticos ou a população?

Fazendo com que isso se torne um cabide de emprego meramente político o que vai de contra com aqueles que ficam por de traz da torneira rezando para que um pingo D’água saia em seu beneficio. Pois hoje nos não temos aquém mais recorrer, não existe meio termo, se não tem água, fazer o que, temos que se conformar, pois não á a quem reclamar.

A mesma não respeita nem mesmo o município do Cabo de Santo Agostinho

É de conhecimento público a existência de um acordo entre a COMPESA e algumas prefeituras, a COMPESA quebra, abre buracos, conserta seus tubos, avalia e repassa o valor para que as prefeituras tapem os buracos feitos por ela.

Muitas vezes quando o valor é repassado o buraco que media dois metros quadrados já tem seis, isso se sabe lá por quanto tempo.

Aqui em Pontezinha, CABO DE SANTO AGOSTINHO, para os que não sabem onde fica, a COMPESA faz uma campanha contra o desperdício invejável, canos estourados por meses a fio, reclamações aos montes sem resposta, água desperdiçada em quantidades impressionantes, é literalmente um exemplo da campanha feita por ela.

Quando a Prefeitura recapeou parte a Horácio Ferraz, dois dias depois a COMPESA furou uns cem metros, passamos três meses comendo poeira.

Um vazamento na Travessa da Merendiba desperdiçou água por uns dois meses, fizeram o serviço a primeira vez, voltou a vazar em três dias, fizeram novamente, foram apenas horas, agora a terceirizada “PONTO CERTO” – uma retro-escavadeira, quatro homens, quebraram toda a rua, parte da calçada feita pelo contribuinte, a terra retirada do buraco para execução do serviço esta dentro da caneleta, obstruiu por completo, ontem 11/03 passaram a tarde nesse serviço, resultado, rua interditada, caneleta  entupida.

Água minando esta enchendo o buraco e derrubando as margens, com isto o resto do asfalto e da calçada

Se chover para onde irão as águas, para dentro das casas?

De quem será a culpa?

COMPESA OU PREFEITURA?

A COMPESA quebrou, mais deveria ter uma fiscalização da prefeitura para exigir pelo menos as a desobstrução da galeria já que não tem pessoal para isto.

Será que Pontezinha é o curral da COMPESA, onde ela quebra sem comunicar nada, destrói o que foi construído pelo contribuinte já que a prefeitura não fez calçadas por aqui, obstrui o caminho das águas, interdita rua, deixa uma desorden de fazer inveja a qualquer petista e os moradores da localidade que se danem?

Agora queremos saber, pelo menos eu (Alberto Figueiredo) quero saber quem é responsável por toda esta zona, esta falta de respeito ao cidadão, aos moradores a uma comunidade?

Sr. Raimundo, secretário do Cabo, Sr. Presidente da COMPESA, quem é responsável, teremos que amargar os problemas caso tenhamos uma chuva forte por incompetência dos contratados pela COMPESA (já que durante o serviço os trabalhadores falavam ao telefone que o que estavam pagando  não era suficiente), da parte da prefeitura, que já conhece a forma incompetente que trabalha a COMPESA porque não exige pelo menos a limpeza urgente da galeria, e não tinha uma pessoa sequer para fiscalizar o serviços visto que hoje em dia quando a COMPESA vem quebrar é com máquinas e a destruição é grande?

Ficam as perguntas,

Quem é mais incompetente a COMPESA ou seus terceirizados?

Quem é responsável por toda esta falta de controle e de respeito  à comunidade?

Texto produzido por: Moura e Alberto Figueiredo

Anúncios
Comments
8 Responses to “COMPESA NÂO RESPEITA O MUNICIPIO IMAGINA O CONSUMIDOR”
  1. Alberto Figueiredo disse:

    Tudo que foi exposto nesta matéria é uma pequena parte da destruição causada pela COMPESA em Pontezinha, existem vazamentos na Rua da Estação, 21 de abril, Brasão, Travessa da Merendiba, buracos nem se fala mais chama atenção uma feito por esta maravilhosa prestadora de serviço público na Avenida Conde da Boa Vista (a BR) cavaram bem em frente ao portão de saída de uma residência ha mais de dois meses os moradores tem que fazer ginástica para sir de casa.
    Sabedora da falta de respeito da COMPESA com tudo, meio ambiente, sustentabilidade e ao consumidor as prefeituras deveriam por respeito aos seus cidadãos e a elas próprias exigirem da COMPESA a comunicação de onde vão quebrar e no prazo máximo de 48 horas providenciarem o repasse da verba para conserto.
    A COMPESA é um orgulho para Pernambuco pelo menos nas propagandas caríssimas que faz mostrando ao povo pernambucano toda sua eficácia.
    Se não dá para ser competente, seja pelo menos honesta e respeite o contribuinte.
    Se construírem mais trinta reservatórios assim mesmo não conseguirá manter um abastecimento constante, pois o desperdício continuará sendo grande.
    Se não dá para manter equipes capacitadas para solucionar estes problemas em curto espaço de tempo, “pois provado está que suas terceirizadas são incompetentes”, (não será de algum amigo de deputado, vereador etc?) que cobrem do governador mais verbas, cortem 70% dos gastos em propaganda e invistam em equipes de prontidão, talvez se reduzam os desperdícios em 50%, o que já será um milagre.
    Como não gosto de anonimato, pois quem disso usa não merece o menor respeito e também quem cobra tem obrigação de dar direito a defesa, tenho certeza que o “PortalCabo” não colocará obstáculos, com a palavra, COMPESA, PREFEITURA
    Alberto Figueiredo (81) 3479.2986 / 8834.5783

  2. Heraldo Ferraz Cavalcanti disse:

    O Conselho Social dos Moradores de Pontezinha, têm enviado vários oficios a essa Compesa. Alguns até responde, outros não, porém, os problemas continuam.
    O Ministério Público Estadual já deveria ter “entrado de sola” nesta concessionária pública, que, por ter o monopólio da destribuição de água em Pernambuco, tem “pintado e bordado” com a população principalmente a daqui de Pontezinha. Aonde estar prestando um serviço de péssima qualidade, serviço este que vem piorando significativamente nos últimos tempos.
    Aqui temos um caso recente, trata-se da moradora dona Marliéte que mora na Avenida Conde da Boa Vista 1203. A família estar sem condições de sair pela porta da frente e sim pela garagem. Isto pôrquer, a Compesa cavou um buraco e não conclui o serviço deixando a mais de dois meses sem possibilidade de sair ou entrar.
    Quem é o responsável por essa obra? Alberto disse bem, quando procura-se não aparece responsável, e quem passa na BR ver o vergonhoso buraco.
    Em contra-partida, as contas de cobrança, não, nunca deixar de chegar com uma pontualidade absoluta, as vezes até, cobrando indevidamente aquilo que não foi fornecido. É o caso do Centro Social e Cultural Mestre Zezinho Varelo, “já estamos ensaminado tais procedimentos”. suas contas não para de chegar, sem que venha recebermos o precioso liquido.

  3. Anderson disse:

    Aqui no Centro do Cabo também avia um desperdício relatei que naquela travessa do mijo aquela travessa que fica de frente com a prefeitura tinha um vazamento em um hidrômetro mas a Compesa levou 2 meses para trocar o mesmo enquanto isso a água ficou vazando por todo este tempo

    È lamentável o que este órgão faz aqui no Cabo

  4. Vanessa andrade disse:

    Caro Moura você esqueceu-se de dizer de quem não tem água em seu bairro
    Conto esta minha revolta para alertar de como são feitos os serviços por aqui
    Só aqui Cabo você já deve ter ouvido falar que os moradores para ter água em sua residência os próprio com ajuda de uma vaquinha compra os canos cavas as ruas e faz suas ligações isto acontece há muito tempo principalmente aqui na cidade Garapu onde eu moro na quadra 76 lote 18

    Isso faz 4 anos agora a Compesa veio e fez um levantamento para poder saber se nos recebia água da mesma isso é um absurdo nem ela próprio sabem a quem servi seu serviços capenga isto demonstra a falta de capacidade de gerencia tais serviços

    Isso ocorre em todo o município

  5. Anderson disse:

    O que mais me chama atenção nesta matéria é a coragem de falar de vocês analisei em busca de informação contra a Compesa e á poucas denuncias, será moura que isso é o reflexo do descaso da própria cultura local (Aquilo que não me afeta não me incomoda)

    Falo isso devido a um fato que aconteceu no meu bairro aqui perto da escola Madre Iva onde rua todas asfaltadas ao lado da Câmara Municipal avia um pequeno vazamento onde por meses não incomodava ninguém e me parece que ninguém se incomodava com o pequeno vazamento até que um caminhão bem pesado passou em cima do mesmo para abrir uma cratera bem grande, assim fez com que o cano quebra-se de vez, só ai acionaram a Compesa

    Isso ocorre diária mente em nosso município, temos que fomentar uma nova cultura (Cultura do Não Desperdício) onde todos os munícipes participaria desta luta “A luta pela Água” só assim quem sabe esta empresa teria que ter uma nova proposta para atender os anseios deste município.

    Quem sabe Moura você que sempre esta nesta luta ambiental pode-se chamar a Mesma junto ao ministério Publico para que lá fosse acertado um termo de conduta para que este descaso deixe de existir em nosso município.

  6. Alberto Figueiredo disse:

    Pago minhas contas sempre que possível antes do vencimento mesmo assim a COMPESA nunca deixou de informar em suas contas que tenho uima conta em aberto do ano de 2002 no valor de R$4,60.
    Levei ao escritório inoperante de Pontezinha a dita conta paga, com um cópia para que fosse dada a devida baixa, os funcionários que lá estavam dizeram que teria de deixar a original pois não aceitavam cópias (prova da confiança da empresa em seus funcionários pois, bastaria escrever na cópia “confere com original” para tornar a cópia expressão da verdade”) .
    A foto nº dois mostra a interdição da rua na outra esquima existe outro buraco, o caminhão da limpeza pública até agora tem feito milagre para recolher o lixo, até quando não se sabe, quando ficar inviável, de quem será a culpa.
    Mais uima vez chamo atenção a obstrução da galeria por areia retirada para o conserto, vamos espera as próximas chuvas para saber o que vai dar?
    Alerto que toda a responsabilidade sobre os danos e incomodos que venham a ocorrer será da COMPESA.

  7. compesa disse:

    olá cara amigos, é com ironia que venho diser, que vocês precisam de nossos serviços, se não querem procurem outro rsrsrsrsrsrs a compesa foi e sempre será assim é porque não interessa os problemas de vocês nossos serviços é apenas lucrar, e o meio abiente? rsrsrsrsrsrsr que se dane, o assunto aqui é dinheiro

Trackbacks
Check out what others are saying...
  1. […] O Portal Cabo é merecedor de elevado conceito junto as empresas e órgãos governamentais, a matéria assinada por Moura e Alberto Figueiredo editada em 13/03/2010 – A COMPESA NÃO RESPEITA O MUNICIPIO IMAGINA O CONSUMIDOR […]



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: