Licenciamentos ambientais Vão virar uma Farra nas Mãos das Prefeituras

Licenciamentos ambientais Vão virar

uma Farra nas Mãos das Prefeituras

Por Moura

No intuito de tirar de suas costas a responsabilidade ambiental da qual a mesma não tem, o CPRH agora quer “municipalizar” eita nome bonito de se falar como diz o matuto.

Mas voltando ao CPRH a mesma quer municipalizar os licenciamentos ambientais

Vamos analisar do ponto de vista ambiental. Se hoje a responsabilidade para tais concessões é de sua competência o que já sabemos que a várias falhas neste tipo de concessão basta ver as agressões ambientais que a já relatamos aqui no Portal Cabo

Mas olhando para o outro lado imagina só se na sua própria estrutura se comentem erros ou favorecimentos a interesses Capitalistas imagina se isso estiver nas mãos das Prefeituras o meio ambiente vai virar refém de uma política de benefícios próprios e escusos que eu abomino completamente falo isso, pois recebi informes que uma certa câmara municipal aprovou um projeto faraônico em seu município, cedendo a área para tal construção agora quando os mesmo são convidados para uma visita ao tal empreendimento os mesmo ficam sabendo que o empreendimento não só agrediu o Meio ambiente com vai agredir por décadas e pasmem os moradores e freqüentadores da tal Praia Privada vão ser obrigado a pagar pedágio, nem mesmo um simples pedestre poderá andar na bela área sem ser escoltados por homens armados até os dentes, vocês já sabem do que eu falo.

Isto é um ponto a ser analisado o porquê de tal atitude do CPRH

Agora faço uma simples pergunta o Cabo de Santo Agostinho estará Preparado para tal contento?

Acho que não, pois se vemos Casas sendo distribuídas para beneficiar interesses alheios imagina concessão de construção ambiental e olha que a tal área que foi construída esta 512 Casas eram para ser implantada uma área verde na comunidade da Cidade de Garapu, mas em uma manobra junto com a Câmara Municipal o Atual Gestor Lula Cabral elaborou um projeto de lei que da a prefeitura plenos poderes para usar áreas Comunitárias para construção das tais Moradias agora imagina como vai ser na questão Ambiental aqui no Cabo? Vai ser uma agressão atrás da outra

Basta ver que, formalizamos uma pequena denuncia onde os esgotos desta casas estão sendo jogados em um canal e até agora a secretaria de Meio Ambiente do Cabo nada fez e nem vai fazer, pois não tem autonomia própria para punir os culpados, imagine como será se o atual ou futuro gestor desta Cidade vier a dar uma concessão ambiental para seus favorecidos como será o posicionamento desta secretaria? OMISSA

Agora temos que fazer um amplo dialogo sobre este tema, pois se a própria CPRH já é questionada na justiça por seu atos imagine uma prefeitura.

A sociedade organizada não pode fechar os olhos para as questões ambientais e não podemos dar a qualquer um o direito de decidir os destinos de nossas áreas de mananciais as matas e nossos Mangues é como se fossem dar o direito de matar sem culpa, pois o meio ambiente não tem como gritar ou implorar, ele só tem a nos que lutamos por uma condição de vida ecologicamente correta.

Como diz meu Amigo e Radialista Eli José o Batata “A vida é uma Dádiva temos que valoriza La”

Agora veja a matéria dos Pretorianos que querem tirar a culpa dos ombros das tantas mazelas acometidas contra o Meio Ambiente.

CPRH atua para municipalizar os licenciamentos ambientais

Com o objetivo de assegurar mais agilidade ao licenciamento ambiental, a Agência Estadual de Meio Ambiente – CPRH – trabalha para municipalizar, ainda este ano, a emissão de licenças em Olinda, Jaboatão dos Guararapes e Cabo de Santo Agostinho, cidades localizadas na Região Metropolitana do Recife.

De acordo com o diretor de Gestão Territorial e Recursos Hídricos da Agência, Nelson Maricevich, o Recife, por ser a capital do Estado, foi a primeira cidade a assumir o licenciamento ambiental, nos casos de empreendimentos e intervenções urbanas de impacto local.

A meta do Governo é fazer com que outros municípios tenham condições técnicas de liberar este tipo de documentação. O processo é legal, na medida em que a Constituição Federal de 1988 abre a possibilidade de os municípios atuarem em questões de interesse local.

“A municipalização será feita de maneira gradual, pois algumas cidades pernambucanas ainda não possuem técnicos e estrutura para atender aos requisitos mínimos para realizar a fiscalização ambiental e liberar as documentações”, explicou Maricevich.

Comments
One Response to “Licenciamentos ambientais Vão virar uma Farra nas Mãos das Prefeituras”
  1. Alberto Figueiredo disse:

    O meio ambiente em Pernambuco é defendido com unhas e dentes, tudo que tem haver com preservação em nosso estado conta com aliados de peso, CPRH, CMA-ALEPE, COMPESA (uma guerreira contra o desperdício de água), etc.
    Em Pernambuco, área de preservação permanente é respeitada, intocável e defendida, nosso estado pode ser considerado um baluarte na luta pela preservação do planeta.
    Salvo se ricos empresários, governador e deputados desejarem ser condescendente com investidores, aí, que se dane meio ambiente, preservação, constituição ambiental, planeta.
    Aprova-se construção de estradas em 24 horas, tomando-se como base relatórios aprovados pelo CPRH, assinados por seus ilustres técnicos e mesmo sem haver percorrido todos os tramites legais, a ALEPE aprova, painho não pediu?
    Nós aprova!
    Em matéria de preservação do meio ambiente, Pernambuco e m primeiro lugar.
    As campanhas vêm ai escutem os deputados que vão gritar aos quatro cantos que são defensores do MA e se lembrem que todos eles aprovaram vinte e quatro horas sem ao menos ler a supressão de dez quilômetros de mangue para serem bonzinhos para os investidores do Paiva.
    Agora imaginem se as licenças forem dadas pelas prefeituras, vão licenciar até bordel dentro de área de preservação, desde que seja de um endinheirado.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: