Secretaria Especial da Mulher divulga pesquisa realizada com jaboatanenses

Secretaria Especial da Mulher divulga pesquisa realizada com jaboatanenses
Dados foram coletados durante as atividades da Caravana da Mulher

Conhecer um pouco mais sobre a realidade das mulheres, no que diz respeito à violência doméstica e o seu conhecimento sobre os mecanismos de defesa dos seus direitos, a Secretaria Especial da Mulher do Jaboatão dos Guararapes realizou uma pesquisa junto às jaboatanenses. Os dados foram coletados durante as atividades da Caravana da Mulher, que passou pelas seis Regionais do Município entre os dias 1 e 6 de março.

Das 637 mulheres entrevistadas, 163 disseram ter sofrido algum tipo de violência doméstica; 429 conheciam casos de violência sofridas por amigas, vizinhas e parentes; e 491 afirmaram saber onde procurar ajuda nos casos de violência. “Numa breve análise, 592 mulheres sofreram ou conheciam quem estava sofrendo de violência doméstica”, conta Rebeka Oliveira, chefe do núcleo de Planejamento e Execução do Calendário das Datas Símbolos e Campanhas de Prevenção e Combate a Violência Contra a Mulher. “Isso revela o quanto esta situação faz parte da vida das mulheres jaboatanenses, e o quanto é doloroso falar sobre essas situações”, completa a chefe de núcleo.

Com relação aos mecanismos de acesso a defesa dos direitos, os dados são animadores: 434 mulheres responderam que a Lei Maria da Penha melhorou a vida das mulheres; 436 sabiam que Jaboatão tem uma Delegacia da Mulher; e 326 mulheres sabiam onde fica a Delegacia. “Dentro deste quadro, reforça-se o papel da Lei Maria da Penha como uma Lei que veio proteger a mulher e punir o agressor, desmistificando assim, o preconceito sobre a importância desta Lei para assegurar os Direitos Humanos das Mulheres de terem uma vida sem violência” assegura Rebeka.

Ainda é necessário, entretanto, divulgar o endereço da Delegacia da Mulher do Município já que, embora 436 mulheres soubessem da existência de uma Delegacia da Mulher, 311 não sabiam onde fica localizado o órgão. A Secretaria Especial da Mulher está intensificando as Rodas de Diálogo, junto às mulheres das comunidades, visando a divulgação de informações sobre o combate a violência contra a Mulher, Lei Maria da Penha e outras temáticas.

ambém são oferecidos serviços como o atendimento às mulheres vítimas de violência, que no ano passado atendeu 140 mulheres, como forma de contribuir para o acesso aos direitos. Foram realizados 115 atendimentos jurídicos, 20 medidas protetivas, acompanhamento de oito processos, 62 atendimentos psicológicos e 15 mulheres receberam atendimento grupal comunitário.
Serviços:
2ª Delegacia de Polícia especializada da Mulher
Av. Agamenon Magalhães, nº 338, Jardim Massangana, Jaboatão dos Guararapes – PE.
Fone: (81) 3184-3444/ 3445

Por: Monaliza Brito em 17032010 às 11h47

Comments
One Response to “Secretaria Especial da Mulher divulga pesquisa realizada com jaboatanenses”
  1. verafigueiredo disse:

    e bom lembrar que a violencia domestica e causad PELA FALTA DE EMPREGOSe da geraçao de renda que foi que nao viu a poucos dias que a prefeitura de jaboatao comprou todo seu fardamento escolares emSAO PAULO isso e uma VIOLENCIA CONTRA AS MULHERES DE JABOATAO MULHER SEM EMPREGO E PAU E MENTE DESOCUPADA E OFICINA DO DIABO E A SECRETARIA DA MULHER DEVIA TER TOMADO PROVIDENCIA QUANO ESSE APOIO E CADE SE CALOU DIAte de tal fato e ai violencia demestica, LEI MARIA DA PENHA DELEGACIA E O AGRESSOR VAI FAZER O QUE DA VIDA SEM OS FILHOS E SEM A PAZ EPRESISO MUDAR ESSE QUADRO SACO SECO NAO SE IMPOE EM PE O EMPREGO QUE NAO EXISTE E O MAIOR GERADOR DE VIOLENCIA A SECRETARIA DA MULHER DE JABOATAO TA MUITO E PARADA

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: