Centro de treinamento industrial de Suape

Centro de treinamento industrial de Suape

Por: Elian Balbino

O Complexo Portuário de Suape vai receber, nos próximos meses, um centro de excelência em treinamento industrial, logístico e de operações portuárias que vai capacitar mão de obra local. O treinamento ficará a cargo do grupo holandês STC que há dois anos fechou parceria com Pernambuco com a intenção de identificar a demanda do estado e firmar parcerias entre os portos dos dois países. Este é um dos pontos que fazem parte do plano de negócios desenvolvido pelo porto holandês para o porto de Suape, que possui o objetivo de impulsionar áreas como desenvolvimento portuário, navegação interior, construção naval e logística em geral.

Imagem: Elian Balbino/DP/D.A Press

A idéia da cooperação é grandiosa, pois pretende transformar Suape em um porto de referência mundial, seno o maior da América do Sul. Atualmente, segundo dados do governo do estado, o complexo movimenta nove milhões de toneladas. Com a parceria, a estimativa é que o local passe a movimentar, em meados de 2030, 90 milhões de toneladas de grãos.

Durante a cerimônia, o secretário estadual de desenvolvimento econômico Fernando Bezerra Coelho, ratificou a parceria entre o Porto de Rotterdam nestes dois anos e adiantou que os primeiros alunos que receberão a capacitação holandesa no centro de tecnologia serão os aprovados no concurso público oferecido pelo Complexo Portuário, que está com inscrições abertas até o próximo dia 18.

Para informações sobre o concurso de Suape clique aqui

”Estamos fazendo história ao realizarmos o primeiro concurso público para o Porto de Suape. Temos hoje um volume grande de movimentação e com mais esta parceria, chegaremos sem dúvida ao maior porto de concentração da América do Sul”, declarou Fernando Bezerra.

Em um discurso enfeitado de elogios à economia pernambucana, os representantes do grupo holandês ressaltaram a importância do Porto de Suape em diversos momentos. O ministro de obras públicas de Rotterdam, Camiel Eurlings, fez questão de se pronunciar em português e, declarou orgulho por estar fechando a parceria em um local marcado pela história holandesa. “Creio sinceramente que os portos de Rotterdam e Suape vão ficar na história do desenvolvimento dos Países Baixos”.

O governador Eduardo Campos disse que nos próximos 120 dias, um grupo de trabalho vai identificar a necessidade para a criação dos primeiros cursos que poderão ser iniciados no centro. Além disso, o local vai contar também com um simulador de primeira geração para treinamento da mão de obra que irá ser utilizada nas frotas navais. O STC tem o maior número, no mundo, de simuladores de primeira geração para treinamento e conta com operações na África, Oriente Médio e Ásia.

A Holanda é o quarto parceiro comercial nas exportações de Pernambuco. Em 2009, Pernambuco exportou US$ 60 milhões para a Holanda (7,35% do total de exportações). No mesmo ano, a Holanda foi origem de 0,76% das importações pernambucanas (US$ 15 milhões) ficando na 23ª colocação.

Por Elian Balbino, da Redação do DIARIODEPERNAMBUCO.COM.BR

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: