Governador e Prefeito Lula Cabral visitam obras do Hospital Dom Helder Câmara

Governador e prefeito Lula Cabral visitam obras do Hospital Dom Helder Câmara

O prefeito do Cabo de Santo Agostinho, Lula Cabral, e o governador Eduardo Campos visitaram nesta segunda-feira (24/05) as obras do Hospital Metropolitano Sul Dom Helder Câmara, que vai atender toda a Mata Sul de Pernambuco. Marcado para ser entregue à população no dia 29 de junho, juntamente com a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Cabo, o equipamento de alta complexidade, cujo custo foi de R$ 80 milhões, conta com 160 leitos, sendo 28 de terapia intensiva, e vai oferecer as especialidades de cardiologia, clínica médica e traumato-ortopedia no atendimento de emergência.

Para o prefeito Lula Cabral, um hospital regional desse porte vai ser um equipamento público importantíssimo que vai trabalhar integrado principalmente com as grande unidades de média complexidade do Cabo, como os hospitais Infantil e Mendo Sampaio, a Maternidade Padre Geraldo, as unidades de Serviço de Pronto Atendimento (SPAs), a Policlínica Jamací de Medeiros e o Samu. “E nós estamos nos preparando com obras de infraestrutura, iluminação da BR-101, modernização de equipamentos municipais de saúde, além da inauguração da UPA. O Cabo vai ser referência em saúde, porque com todos os equipamentos certamente vamos poder dar uma assistência de melhor qualidade para o povo”, pontuou.

De acordo com o governador Eduardo Campos, o Hospital Dom Helder reflete a evolução do Miguel Arraes, em Paulista, por ser totalmente automatizado, desde o consumo de energia às instalações e à climatização, além de contar com uma inovação em Pernambuco, que é o sistema de aquecimento solar para a geração de água quente do hospital, ação que proporcionará uma economia média de 15%. “Com a automatização, além dos benefícios da economia, ainda há a eficiência do sistema, pois através de comando é possível operar e monitorar todo o empreendimento”, explicou o coordenador de contratos da Schahim Engenharia, o engenheiro João Neto. Segundo ele, o hospital ainda vai contar com um sistema de tratamento de efluentes que reutiliza toda a água do esgoto para irrigação dos jardins, ação que traduz benefícios ecológicos, evitando-se danos ambientais.

Texto: Aline Vieira Costa – Secom | Cabo de Santo Agostinho
Fotos: João Barbosa

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: