Qual a diferença de nós e deles

Qual a diferença de nós e deles

Por: Moura

A veracidade desta afirmativa acima, nos coloca para uma breve dialogo entorno do que somos e o que queremos.

Falo isso no intuito de mostrar estas duas fotos abaixo, qual a diferença que existe entre ambas?

Todos vão dizer que não á diferenças todas são idênticas.


Mas quem esta do outro lado da lente é quem tem esta visão privilegiada por mais o figurativo abstrato da foto, mostra o olhar deles e não o olhar nosso.

Esta semana a minha pessoa foi questionada para que lado o Portal Cabo esta, devido à participação da Prefeitura local em parceria no projeto adote uma arvore e vamos plantar junto.

E foi fomentado em um Site da Oposição inclusive sem dar os devidos créditos a foto que foi postado e nem mesmo contando a respeito da devida matéria o porquê da foto, uma acusação com um ponto de interrogação dizendo que tipo de parceria seria esta.

E alguns seguimentos que aqui eu me refiro (Deles) quando falo deles são pessoas nefastas, que não tem nada a contribuir, para á sociedade e (Nós) do Portal Cabo temos, sim um lado o lado da construção do dialogo justo, do dialogo que constrói algo para a Cidade do Cabo, do dialogo de oposição e por ai vai.

Qual é então a visão e a diferença de nós e deles

A visão deles é esta da foto acima, onde olham para a população sob um pedestal de arrogância política e sem observar as necessidades de cada morador destas humildes casas.

Na visão deles a população vira mero joguete, do quanto pior melhor, pois é desta forma que estes parasitas vivem, não constroem nada para a sociedade Cabense.

E nesta visão tentam macular minha imagem pessoal com direitos autorais de uma matéria postada aqui no Portal Cabo que fazia referencia ao projeto Adote uma arvore do qual o Prefeito do Cabo aderiu Projeto Adote uma Arvores. veja a materia

Agora “nós” que fazemos o Portal Cabo, tanto na pessoa do Sr. Carlos Roberto D. de Moura e de mais colaboradores, buscamos sempre estar fora deste quadrado, do qual a sociedade não faz parte e o Portal Cabo foi justamente criado para promover um dialogo franco e aberto perante a todos e temos todos os direitos que a constituição nos permite desde um simples questionamento e até mesmo buscar amparo legal para a construção de qualquer projeto que seja dirigido á população Cabense como um todo.

E voltando ao parasita que se identificou como: AIRTOM C. GARAPÚ em postagem no site da oposição te digo, que sua infelicidade é estar dentro deste quadrado do qual você deve fazer parte e se por algum acaso deixo a pergunta no ar por que não postou seus questionamentos, junto à matéria em si? Ai você teria a certeza de que lados estamos, pois toda as criticas ela é construtiva e benéfica a partir do momento que nos identificamos e nos colocamos a responsabilidades civis do que falamos, o que não ocorre com sua pessoa.

E para lhe mostra qual e o grau de transparência que trabalhamos aqui no Portal Cabo todos os comentários tem seus devidos IP (endereço fixo da maquina) analisado e guardado em nosso bancos de dados, pois sabemos quem são os verdadeiros participantes sem estar a mercê de joguetes políticos, por isso que muito comentários são retirado das matérias por ter cunho meramente agressor e que fazem parte de um conjunto chamado (deles).

E vou mais alem, todos os políticos aqui do Cabo que foram alvo de matérias aqui no Portal Cabo, sempre respeitaram e ainda respeitam a minha forma de questionamento e isso mostra o lado que estamos o Lado da responsabilidade construtiva, para a Cidade do Cabo e não é atoa que sempre estamos cobrindo matérias, não importando qual o lado, (oposição e situação) e dou minha visão pessoal, sobre o tema, contribuindo e gerando algo de novo, para que possamos construir juntos.

E vou mais alem, nossos recursos são próprios, dando a nós a chave mestra do dialogo franco e sem amarras, do qual este quadrado vem tentando impor, a galope financeiros que o mesmo detém, e já tentou sem sucesso, diante desta pessoa que voz fala, nunca deixe-me levar por meros trocados que muitos que estão dentro deste quadrado, vão buscar até mesmo alem das fronteiras do Cabo, para suprimir suas necessidades perniciosas que leva ao cabo a terceira discussão.

Hoje o Portal Cabo tem, não só a obrigação de divulgar matérias, mais sim transforma-Las em projeto benéficos a toda a população Cabense e isso não é por que eu Moura quero, não, isto foi imposto por todos os 3.500 acessos diários que temos, mostrando a nós que fazemos o Portal Cabo, que estamos no caminho certo da verdadeira democracia.

E sei que neste caminhar, colheremos desafetos de pessoas que não podem estar junto com a gente, gerando assim uma rivalidade pequenina, que estes parasitas usam de forma inescrupulosa, para agredir aqueles querem construir algo novo para o Cabo de Santo Agostinho, mas são por estes parasitas que existente neste quadrado é que a mola motora de nossa luta diária e constante do Portal Cabo.

Então meu caro AIRTOM C. GARAPÚ você é quem paga as nossas contas você é o gerador de animo para que este Portal esteja nas lutas constante desta Sociedade tão sofrida chamada de Cabo de Santo Agostinho.

Ass. Moura

Comments
8 Responses to “Qual a diferença de nós e deles”
  1. Cris Cleofas disse:

    Moura, para você meus comprimentos, isso mostra que você é um autentico cabense, parabéns.

  2. Meire da charneca disse:

    Antes de dar minha contribuição para esta matéria queria colocar um texto que achei que combina com estes QUADRADO do QUAL FALA MOURA
    O povo e os políticos
    Analisados em conjunto, os resultados da pesquisa mostram que há muitos preconceitos e estereótipos na visão da população sobre a política, somados a muita desinformação. Mas há nela muita coisa que se formou a partir do que fizeram e deixaram de fazer nossos políticos
    Por : Marcos Coimbra
    A pesquisa que a Associação dos Magistrados Brasileiros encomendou à Vox Populi, divulgada no ano passado, tem muitas coisas que merecem comentário. Feita em todo o país entre os últimos dias de junho e o começo de julho, ela ouviu cidadãos de todos os segmentos socioeconômicos e demográficos, residentes nas capitais, cidades médias e pequenas. Fornece um retrato do que pensam as pessoas sobre temas políticos e institucionais na véspera das eleições municipais.

    Seus resultados não são surpreendentes e confirmam achados que outras pesquisas, recentes e mais antigas, encontraram. Pode-se, portanto, dizer que ela revela um quadro de percepções estáveis, quando não cristalizadas, de nossa população a respeito desses assuntos.

    Como a grande maioria das conclusões da pesquisa está longe de ser favorável, temos aí uma primeira nota de preocupação. Se a desconfiança e o desapreço das pessoas pelo sistema político e seus atores diretos, os políticos, mostrados por ela, fossem conjunturais, causados por uma crise episódica qualquer, seria menos grave.

    Não é esse o caso. Pensando no que ocorreu na política brasileira nos últimos anos, até que estamos vivendo um período bom, sem nenhum grande escândalo em pauta. Os vilões mais recentes, aliás, estão na iniciativa privada, ao contrário do que tem sido a regra.

    Se, então, nos bons tempos, as coisas são assim, imagine-se nos maus! A pesquisa mostra quão disseminados são alguns sentimentos hostis em relação àqueles que se dedicam à vida política: 82% dos entrevistados acham que os políticos não cumprem as promessas que fazem nas campanhas; 85% que a política é uma atividade que os beneficia mais que aos eleitores; 64% acreditam que os políticos escapam da punição quando cometem irregularidades.

    Uma nuvem de desconfiança envolve as instituições de representação: 52% das pessoas ouvidas não concordam com a frase “De modo geral, as eleições no Brasil são feitas de maneira limpa, sem fraudes, e têm resultados confiáveis”. Apenas 57% dos entrevistados discordam da frase “No sistema eleitoral brasileiro, os políticos têm como ficar sabendo em qual candidato cada eleitor votou”, ou seja, quase a metade não sabe dizer ou concorda que, em nosso sistema eleitoral, o eleitor não pode estar tranqüilo com a inviolabilidade de seu voto. A conseqüência disso é a elevada concordância, de 73% das pessoas ouvidas, com a frase “No Brasil de hoje, ainda acontece de alguém votar em um candidato só por medo de perder o emprego”.

    Talvez por se sentir perdida dentro de um sistema em que confia pouco, a maior parte das pessoas reage com cinismo ao que supõe ser suas regras, como se dissesse que, se é assim que as coisas são, “quero também levar vantagens”. Nada menos que 60% dos entrevistados concordam com a expressão “A maioria das pessoas que conheço aceitaria votar em um candidato em troca de alguma vantagem pessoal”.

    Sentimentos como esses não são, contudo, os únicos que a pesquisa revela. Quase a totalidade dos entrevistados, 89%, considera errado que “o eleitor receba ajuda de um candidato em troca do voto”; duas em cada três pessoas ouvidas acredita que “meu voto em um candidato pode mudar muito a minha vida, tanto para melhor quanto para pior”, indicando que a descrença na validade dos mecanismos democráticos existe, mas é minoritária.

    Analisados em conjunto, os resultados da pesquisa mostram que há muitos preconceitos e estereótipos na visão da população sobre a política, somados a muita desinformação. Mas há nela muita coisa que se formou a partir do que fizeram e deixaram de fazer nossos políticos.

    Aumentar a informação sobre as instituições, torná-las mais transparentes, evitar que mudem a cada capricho de alguém, tudo isso tem que ser feito. Mas de pouco vai adiantar se os próprios políticos não se convencerem de que precisam mudar.

    Em quê, não há um que não saiba.
    Bom Moura sei da sua luta e sei como são as dificuldades que é manter um Site como o Portal Cabo, muitos ainda não se perguntaram quem é como é para se ter um Portal da Cidade hoje referencia para o Mundo todo acha que isso é fácil mas não é e sei muito bem disso.
    Agora estas pessoas deste Quadrado nunca viu tão grande fenômeno que é hoje o PORTAL CABO TIDO COMO O SITE DA CIDADE eles estão com medo do que você diz e escreve e sabe das conseqüência, portanto nada mais justo que eles coloquem alguns gatos pingados para questionar o que não é questionável o meio ambiente esta muito eqüidistante das discutições políticas e deixo ai uma perguntinha a este infeliz que mencionou e tenta macular este espaço
    QUEM DENTRO DESTE QUADRADO JÁ TEVE EXITO COM ALGUM PROJETO VOLTADO PARA O MEIO AMBIENTE?

  3. Como simples colaborador desse “site”, coisa que me deixa orgulhoso, e convicto que por sua forma transparente e imparcial de se posicionar esta construindo uma nova vertente e muitas opções que podem mudar atitudes não apenas dos cidadãos mais também dos políticos do Cabo.
    O PORTALCABO leva informações imparciais concretas, honestas e transparentes, age de forma digna deixando claro o direito de resposta a todos que nele são mencionados, abre suas páginas digitais independente da vertente política, tendo como prioridade quem possa contribuir de alguma forma com melhorias para nossa cidade.
    Muitos, despreparados não conseguem diferenciar a crítica construtiva de comentários dignos de confiança que são postos com a finalidade única de denegrir a imagem muita vezes de pessoas que diferentemente delas se mantêm dignas de confiança por terem moral, honra, honestidade, caráter e ética como pilares de suas vidas; outros cegos pelo luzir do ouro dos tolos se vendem escondendo-se nas sombras para “tentar” macular um trabalho que hoje, diferente de alguns outros orgulham o Cabo.
    Informar com fidelidade os fatos em sua realidade mais pura e de forma imparcial sabendo, checando as fontes é que se constrói uma ferramenta como O Portal Cabo uma arma. “Citação: Napoleão – Quatro jornais hostis devem ser mais temidos que mil baionetas” ou “A pena é mais forte que a espada”, analisando estas citações devemos e temos obrigação de ater-nos às verdades e a imparcialidade, aqui neste site, procuramos construir os alicerces de uma comunidade politizada tendo como base fidelidade, veracidade, ética, qualidades que para pessoas como os senhores, R.Santana, que usou um comentário meu numa matéria do Portal para enviar como matéria sua ao Plantão e este, mesmo avisado não tomou nenhuma providência, ou como dá provas de falta de capacidade e de comprometimento com nossa cidade com Airton C. Garapú, que em sua ótica suja vê em ações que beneficiam toda coletividade, parceria.
    Aqui, nesse site procuramos construir uma cidade mais justa, mais responsável para com seus filhos, se o gestor erra, mostramos seu erro, se acerta vemos nisso o cumprimento de um dever assumido, se qualquer outro nos estende as mãos em projetos que beneficie o município, aceitamos isto não é ser vendável é ser consciente das necessidades e dificuldades por que passa não apenas nosso povo mais todos principalmente os que se mantêm íntegros.
    Quando um político me diz que vem para ajudar, já me deixa em guarda quanto a sua capacidade de melhorar a vida dos meus concidadãos, espero um dia ouvir: Estou vindo para fazer com que não precisem de mim, este estará no caminho certo, vem trazendo vida digna e não o direito de viver por sua assistência.
    Moura!
    Um homem é grande não por sua estrutura mais pela nobreza do seu caráter, você é um gigante.
    Pobres anões, servos de outros servos, não poderão atingi-lo.
    O Portal é a porta para a cidadania do povo cabense irresponsabilidade, desonestidade e despreparo não o abalarão, é o portal da democracia no Cabo, pode ser amigo ou hostil, mais assim é a democracia.

  4. CHICO DA CHARNECA disse:

    Moura vc Esqueceu a terceira via,
    esta dando muita importáncia a qualquer evento
    da prefeitura,
    as pessoas pensam que tem algo aver,
    vc lembra M.D.C, (movimento democrático cabense), vc fez varias matérias falando neste movimento,
    as pessoas ainda cobram porai, e todos sabem que vc foi o cabeça, deu até a sigla, foi ideia sua, não deixe morrer, vc malhava na oposição e na situação,
    EU ACREDITO NO PORTAL

  5. Biro de Pirapama disse:

    Quero aqui enaltecer seu posicionamento junto à população do Cabo e digo mais quantas arvores o pessoal de Elias Gomes Plantou aqui no Cabo
    Se em apenas em uma semana nós plantamos 1580 arvores
    E em Jaboatão quantas arvores foram plantadas na semana de meio ambiente
    Temos que ter este dados aqui para mostrar a todos e dar um cala boca neste pequenos vermes que tentam macular uma iniciativa pessoas ou de um grupo.
    Moura você esta de parabéns

  6. Berenice vila social disse:

    A cara de pau que este senhor teve de colocar uma foto tão importante para o Portal Cabo caberia Moura acionar judicialmente o mesmo pela infeliz escolha de suas palavras
    Continue Moura com seu Trabalho só quem o conhece sabe de onde vem todos os recursos para manter este Portal da Cidade

  7. Amigo Moura! Acho que este Airton C. Garapú foi um personagem criado por um autor de quinta Categoria, com o objetivo de insinuar com uma foto (tirada, me permita você Moura, do nosso PORTAL CABO DE SANTO AGOSTINHO) Sua junto com o prefeito Lula Cabral retratando uma iniciativa de cidadania proposta por você como parte das comemorações da semana dedicada ao meio Ambiente, que por sinal aconteceu. Se não ainda com você gostaria mais arvores foram plantadas e como diz você eu estive La para conferir. Quem ti conhece sabe Moura que no geral o seu questionamento é forte tanto ao Governo atual do CABO como a oposição dos que já Governaram a cidade por muitos anos, mais isso não é obstáculo para reconhecer aspectos positivos de uns e de outros e concorda propor, e participar de ações que traga ao algum beneficio para a cidade como plantar uma arvore.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: