VAMOS DIZER NÃO A USINA DE LIXO

VAMOS DIZER NÃO A USINA DE LIXO

Este foi os vários posicionamentos feitos pela Sociedade Cabense

A Prefeitura do Cabo promoveu uma breve apresentação da usina de Lixo a ser implantada no Cabo a Mesma convidou o Consorcio Recife energia para explanar sobre o Projeto em si no auditório da Prefeitura nova o evento ocorreu às 14 horas desta quarta feira.

Diante de uma platéia da sociedade organizada o explanador foi bem displicente na suas explicações deixou de falar a dura realidade da agressão que esta Usina vai Causar para o Nosso Município.

Depois de sua fala os questionamentos foram feitos por varias entidades ali presente o que colocou o engenheiro da empresa Paulo em sai justa, pois o mesmo não sob explicar as questões mais simples como:

Visando o lucro a empresa deve ou vai fomentar e diminuir a quantidade de lixo. O mesmo disse que isso não é uma questão da empresa e sim da sociedade e nesta mesma fala, falou sobre a audiência Publica e da escolha de seu Local, note: que ele diz para todos ouvir que foi “acordado” entre a empresa e o CPRH de, pois ele corrige dizendo que foi imposto pelo CPRH.

Sem preparo tecnico

Os questionamentos foram vários inclusive da Minha Pessoa que abriu o dialogo dizendo que não aceitaremos esta Usina no Cabo, em sim Vamos ENTERRALA com todas as forças que a sociedade do Cabo tem em mãos.

“Aqui no Cabo de Santo Agostinho esta Cidade que eu adotei como minha Cidade eu digo com todas as letras aqui no Cabo de Santo Agostinho vocês não instala esta USINA DE LIXO” falou Moura, bastante emocionado

Fora disso ouve também as contradições que o Vereador Ricardinho colocou para a Secretaria de Meio Ambiente Vera Tenório onde o mesmo afirmou que o Prefeito disse ao Portal Cabo que não Sabia da Usina de Lixo e depois no outro Dia a Secretaria foi a Radio Calheta e disse que já avia uma anuência dada pelo município ai ficou a Pergunta que não quer calar: “Como pode dar uma anuência de um investimento de 320 MILHÕES de reais sem que o Prefeito desta Cidade Saiba?”

Veja o questionamento de Ricardinho e a fala da Secretaria

Veja outros questionamentos

As Mulheres disseram Não a Usina de Lixo

José Luiz Sobrinho e Sergio Bello da UNETUR

Para os que estão tendo ciência sobre o assunto agora colocamos abaixo um dos mais ilustres pesquisadores sob o assunto veja o que ele já vem dizendo a mais de 15 anos sobre esta Usina de Lixo

Fora disso segue os links das matérias que já sairão sobre a Implantação da Usina de Lixo no Cabo

Comments
One Response to “VAMOS DIZER NÃO A USINA DE LIXO”
  1. Tenho perguntas!
    Qual a empresa (Nome: CNPJ: Nacionalidade: Corpo técnico) que está responsável pela construção da usina, é nacional, se não, será que empresas nacionais e universidades brasileiras como a UFRJ ou UFPE não estão qualificadas para desenvolver uma com tecnologia nacional?
    Porque tudo que se refere a esta usina é mantido longe do conhecimento do povo?
    Porque a secretaria do meio ambiente do Cabo e o executivo se conflitam em informações?
    Quem tomou conhecimento, se houve uma concorrência internacional para saber qual empresa ficaria responsável pela construção.
    Que contrapartida o Cabo receberá?
    Qual o compromisso assumido e registrado pela Recife Energia com referencia a segurança e planos de emergência?
    Pelo quer tenho estudado sobre a matéria nenhuma, em lugar nenhum do mundo oferece 100% de segurança.
    Que o lixo é um problema mundial é indiscutível mais apenas recolher separar e queimar, não é a solução, as prefeituras têm que investir na educação do povo com referência a lixo.
    Esta, e as futuras gerações de cabenses não podem pagar pela omissão dos que hoje podem alterar os rumos dos fatos.
    Temos que, mesmo que já tenha demonstrado total falta de preparo não apenas nesse mais em vários outros casos cobrar da câmara posicionamento mais rígido.
    Cobrar do nosso deputado estadual sua posição em defesa do Cabo e do seu povo
    Estamos em ano de eleições, então que os candidatos mostrem que estão comprometidos e qualificados pra dirigir os destinos da nossa cidade.
    Não é hora de partidarismo, não é hora de dividir é hora de somar, não podemos aceitar que nosso município seja tratado como um ser sem cabeça com o qual todos em busca de benefícios jogam a seu bel prazer.
    O povo do Cabo é soberano em suas terras, mesmo que o prefeito ou o governador tenham ou queiram construir esta disseminadora de doenças o povo vai mostrar que se quiser que construam no quintal do palácio do campo das princesas, no Cabo não!
    Sem o aval do povo, não construirão.
    Vereadores, deputado, pré candidatos esta luta é de todos que desejem defender o Cabo, claro que esperamos que os que tenham rabo preso, lagartixas ou que de alguma forma venham a ser beneficiados com isso fique à margem, já que não podem ajudar ou defender se recolham a suas insignificâncias

    Alberto Figueiredo
    Instituto Mãos Limpas Brasil – Reg. Cabo de Santo Agostinho/PE

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: